Vol. 08 – Dalton Trevisan (en) contra o paranismo

R$25,00

Ano de publicação: 2009

Volume: 08

Selo Editorial: Travessa dos Editores

ISBN: 978-85-89485-79-1

Tamanho: 22 x 21 cm

Preço: R$25,00

Autor: Luiz Cláudio Soares de Oliveira, Mestre em Literatura pela UFPR, é jornalista e escritor.

Para a Coleção A CAPITAL, curitibana nascida em 2004, o estudo de Luiz Cláudio sobre a ‘Joaquim’ amplifica as possibilidades de se conhecer a cidade de Curitiba justamente por falar da cultura nacional a partir de um movimento regional. Afinal, o ‘Manifesto para não ser lido’, que inaugura a revista, foi dedicado a todos os joaquins do Brasil.”

(Da Apresentação, de autoria da organizadora da Coleção A CAPITAL, a historiadora Tatiana Marchette.)

Do que se trata? O livro analisa uma das principais manifestações da cultura literária de Curitiba, importante marco de inovação estética, como apresenta o autor: “A publicação [Joaquim] foi um marco local e teve boa repercussão fora do Paraná. (…). Teve que usar de todas as armas disponíveis para tentar se impor no cenário de então, que era dominado por forças antagônicas poderosas, mas que não interessavam mais à geração que emergia em busca de outros paradigmas. A preocupação da revista era justamente fugir dos exemplos locais e ultrapassar fronteiras unindo-se a forças nacionais (….)”. O trabalho, na linha da teoria literária, estuda o aparecimento da Joaquim, seus objetivos e os métodos utilizados por seus criadores e colaboradores, além das estratégias para a manutenção do periódico, as ideias e táticas ao longo dos anos de circulação, comentários sobre a arte das capas e as publicidades veiculadas. Tudo isso foi construído em um ambiente hostil, quando ainda predominava muito da estética paranista e seus nomes de peso, como o escritor Emiliano Perneta e o pintor Alfredo Andersen.

REF: VOL008 Categoria

Informação adicional

Peso 610 g
Dimensões 21 x 28 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.